Fica a dica amiga!: Até que ponto está chegando a padronização da beleza?

HEADER1111


faixa

slide

Até que ponto está chegando a padronização da beleza?

Em recente pesquisa de campo (conversa com as amigas...hahaha),  constatei que as mulheres são mais preconceituosas com elas mesmo que os homens.

Não é o cara que impõe que você seja magra, saia de casa como uma boneca e que seu cabelo seja liso. É a própria mulherada que está se acabando, quando ficam pensando o que as outras dirão se ela aparecer com o cabelo natural e sem a cara rebocada!  MOÇAS, VOCÊS SÃO MACHISTAS

Em algum lugar na Terra, há muitos anos atrás, alguém inventou que a mulher para ser bem vista na sociedade deveria seguir algumas regras para conseguir ser vitoriosa. Entenda como vitoriosa se casar, ter filhos, ser excelente dona de casa, ou seja, vitória significava não ficar para a titia, como se o fato de ser solteira fosse errado! Mas enfim, cada época com seu paradigma.

Tamanha palhaçada que provavelmente minha tatatatatatataravó assimilou, acreditou e passou adiante, hoje me irrita profundamente.

É necessário se vestir assim, andar assim, comer assim, falar assim... é tanto assim que até cansa! ¬¬'

Até a periquita da mulher agora tem um jeito certo de ser! Não é possível que esse número expressivo de cirurgias íntimas, não seja reflexo de alguma nova norma imaginária criada até pra dizer se a bonitinha lá está em um padrão “aceitável”.

Padrão criado por quem? Indústria pornô? Sei lá quem inventou, mas vejo isso como mais uma maneira de repressão. Se não bastassem as outras milhões de coisas que já nos é imposta, agora até minha vagina tem jeito certo de ser?

A polémica entorno da Playboy da Nanda Costa prova quanto nossos parâmetros são escravizados pelas “normas imaginárias”. Além de quererem controlar se a minha pepeca é rosa, preta, marrom, roxa, verde, grande, gigante ou pequena, a porra dos pelinhos também têm um jeito certo de ser.

O grande problema é, se até a parte do meu corpo mais reservada agora tem um padrão, porrraaannnn, tá tudo muito errado!

Já refletiram sobre isso? Até que ponto está chegando a padronização da beleza?

Naturalidade, volte para a nossa vida o mais breve possível. Estamos te aguardando!


Bjs,

Fernanda Tudela

Nenhum comentário:

Postar um comentário